Benefícios do Azeite de Oliva

Azeite de Oliva é um alimento funcional poderoso, capaz de prevenir doenças.

Benefícios do azeite de oliva são vários, isso devido nosso organismo precisar de gorduras para funcionar bem. Porém, é preciso que essas gorduras sejam mantidas em equilíbrio para que não ocorram problemas. Com relação ao colesterol, existem duas classificações: o LDL e o HDL. O LDL, ou mau colesterol, é o grande responsável pelas doenças do coração. Já o HDL é tido como bom porque limpa o colesterol ruim presente no sangue.

Benefícios do Azeite de Oliva

O consumo de azeite de oliva ajuda a aumentar o nível do colesterol HDL, o que também contribui para a redução dos níveis do colesterol LDL. Assim, usar o azeite para preparar os alimentos é uma excelente forma de prevenir o colesterol alto e outros problemas relacionados.

O efeito benéfico é explicado pela presença dos ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, que nada mais são que gorduras boas. O azeite ainda contém em sua composição antioxidantes que combatem os radicais livres e reduzem o envelhecimento celular precoce. Por isso, ele reduz o risco de doenças do coração, mantém a saúde da pele, previne alguns tipos de câncer, alivia os sintomas da artrite e estimula o bom funcionamento da memória.

Para quem quer perder peso, o azeite é importante porque dificulta a absorção de gorduras pelo intestino e reduz os picos de fome. Estudos mostram que o uso do óleo na alimentação pode reduzir a gordura abdominal, além de aumentar a energia, o azeite ainda é capaz de:

  • Amenizar as dores da artrite
  • Inibir a formação de tumores na mama e no cólon
  • Prevenir o diabetes tipo 2
  • Evitar o aparecimento de úlceras
  • Combater problemas relacionados à memória
  • Cicatrizar a pele

Azeite de Oliva na Alimentação

De alguns anos para cá é que o azeite se popularizou, chegando à mesa de mais brasileiros. Hoje em dia, encontramos mais opções nos supermercados, com variados preços e marcas. Porém, é sempre importante estar de olho na pureza do azeite para que ele possa trazer benefícios para a sua saúde.

O tipo ideal de azeite é o extra virgem. Para que ele seja incluído nessa categoria, a acidez máxima do óleo não pode ultrapassar 0,8%, mas os melhores tem acidez em torno do 0,5%. Já o azeite virgem tem acidez limitada a 2%.

O problema é que não dá para acreditar no que diz o rótulo. Um estudo feito pela Proteste há algum tempo mostrou que marcas famosas (e caras!) comercializam fórmulas não puras como se fosse azeite extra virgem. Por isso, vale a pena conferir na internet se a marca que você costuma comprar foi aprovada ou não no teste.

Dicas para usar o Azeite de Oliva

  • Pode ser usado para tratar a pele queimada ou ferida, pois ajuda na cicatrização e evita a formação de manchas
  • Tomar 1 colher (café) de azeite todos os dias pela manhã limpas as vias aéreas e alivia a tosse
  • O consumo diário também é indicado para acabar com a prisão de ventre
  • Passar um pouquinho de azeite nas cutículas e unhas antes de dormir ajuda dá mais força e combate o ressecamento da pele
  • Problemas como dor de ouvido, queda de cabelo, caspa e assaduras em bebês podem ser atenuados com a aplicação do azeite de oliva
  • Por ter efeito bactericida, ele pode ser aplicado nas mãos para afastar microrganismos

Agora que você conhece todos esses benefícios, não faltam motivos para começar a usar o azeite não só na alimentação!