Causas da Dificuldade para Emagrecer

Descubra porque não consegue emagrecer mesmo fazendo dieta e atividade física

As causas da dificuldade para emagrecer podem ser genéticas ou devido a algum distúrbio nutricional. Antes de tratarmos mais claramente dos fatores que dificultam o emagrecimento, é fundamentam explicar que o nosso organismo tem uma tendência a manter o peso atual. Isso acontece porque aprendemos, evolutivamente, a reservar energia sob a forma de gordura como uma estratégia de sobrevivência.

Causas da Dificuldade para Emagrecer

Imagine nosso ancestral vivendo em grupo numa pequena caverna. Depois de vários dias de caça, alguém mata um pequeno animal que serve de alimento durante alguns dias para os membros do grupo. Ninguém sabe quando outra presa surgirá para matar a fome. Nesse contexto, a sobrevivência depende do armazenamento de gordura. Nos dias sem alimentação, a gordura é queimada pelo organismo para garantir energia.

Nós não vivemos mais nas cavernas, porém esse aprendizado evolutivo ainda está presente no nosso cotidiano. Por isso, o processo de emagrecimento pode ter o próprio corpo como obstáculo. A boa notícia é que dá pra driblar o metabolismo. O problema é que outros problemas podem dificultar a perda de peso.

Hipotireoidismo dificulta a Perda de peso

Os hormônios produzidos pelas glândulas são essenciais para quase todas as funções do corpo humano. Assim, caso haja algum desequilíbrio na produção hormonal, o peso pode ser diretamente afetado. Um dos problemas mais comuns é o hipotireoidismo. Quem sofre com esse problema produz menos hormônios tireoidianos.

Os sintomas mais comuns são: cansaço, indisposição, oscilações de humor, distúrbios de sono e ganho de peso. Como os hormônios produzidos pela tireoide participam do processo metabólico, a baixa deixa o metabolismo mais lento comprometendo o gasto de calorias.

Carência de Vitamina D

Outra substância essencial para o funcionamento metabólico é a vitamina D. Assim, quando as taxas do nutriente no organismo são baixas, sintomas semelhantes aos do hipotireoidismo podem ocorrer. A falta de vitamina D compromete a produção de energia, causando cansaço e indisposição. A dificuldade em transformar calorias em energia também interfere no ganho de peso.

Hoje em dia a carência de vitamina D é comum porque nos protegemos demais do sol. Ele é a principal forma de obtenção do nutriente, que é sintetizado pela pele em contato com raios solares. Sem exposição diária ao sol, é quase impossível obter as quantidades necessárias de vitamina D para o bom funcionamento do metabolismo.

A dica portanto é tomar sol durante 15 minutos todos os dias nos horários em que ele é menos agressivo para a pele: de manhã cedinho e no final da tarde. No restante do dia, não deixe de se proteger com o uso do protetor solar.

Atividade Física pode Engordar

Muita gente começa a fazer academia para perder peso e depois de um mês “puxando ferro” se surpreende diante da balança com o efeito contrário. O que acontece, nesses casos, é que a massa muscular adquirida pode pesar mais que a gordura. Porém isso não significa necessariamente algo ruim.

As melhores atividades para emagrecer rápido são os treinos de cardio (aeróbicos). No entanto, outros exercícios também são recomendados e, a longo prazo, podem ter efeito surpreendente. Algo interessante sobre o funcionamento do nosso organismo é que os músculos fortalecidos aceleram o metabolismo, porque exigem mais energia. Assim, quem tem uma boa musculatura tem mais chances de emagrecer em pouco tempo.

Digestão está Ligada a Perda de Peso

É por meio da digestão que o nosso corpo começa a transformar os alimentos em energia. O aparelho digestivo libera enzimas e substâncias que quebram aquilo que comemos. Essas partículas nada mais são que os nutrientes, que são enviados para as células através da corrente sanguínea, fornecendo energia para que desempenhem suas funções.

Assim, fica fácil perceber que o mau funcionamento da digestão pode interferir na saúde e na forma física. Pessoas com problemas no sistema digestivo podem ter mais dificuldade para perder peso porque não aproveitam bem os nutrientes ingeridos. Na prática, mesmo que você siga uma dieta balanceada, o corpo não conseguirá usufruir desses alimentos.

A dica para quem tem indícios de má digestão, como azia, dores de estômago, inchaço após a alimentação e outros sintomas é procurar o gastroenterologista para que ele possa avaliar a situação. Com os exames certos, o problema poderá ser tratado para que você consiga perder peso.

Outros Fatores:

  • Vida sedentária
  • Alimentação exagerada
  • Mastigação insuficiente
  • Estresse
  • Poucas horas de sono

O ideal é buscar ajuda médica para descobrir exatamente qual é a causa da sua dificuldade para perder peso.